Cidade News

NOTA SOBRE A PARALISAÇÃO DAS PREFEITURAS DO DIA 30 /08

 

Com relação à paralisação programada pelos municípios de cinco estados para esta quarta-feira (30), em protesto contra a crise financeira, o Consórcio Ciapra Baixo Sul  se pronunciou para a nossa redação, com a seguinte nota:

 

O Consórcio Ciapra orienta os prefeitos a aderirem ao movimento municipalista denominado: Sem FPM não dá.

 

Entretanto, deve-se manter o funcionamento de todos serviços essenciais: educação, saúde, limpeza pública e etc. Fecharmos apenas os setores administrativos das prefeituras, que podem funcionar internamente”.

Vale ressaltar que o nosso site vem acompanhando a participação de diversos gestores do Baixo Sul em agendas na capital Brasília, tratando sobre a pauta municipalista. Iniciativa articulada pela União dos Municípios da Bahia (UPB) e entidades municipalistas do Nordeste.

O intuito da paralisação é chamar a atenção do Governo Federal, Congresso Nacional e da população para as dificuldades financeiras enfrentadas pelas prefeituras, sobretudo da Bahia onde cerca de 80% dos municípios são de pequeno porte, não possuem receita própria e dependem das transferências constitucionais da União.

Com relação à paralisação programada pelos municípios de cinco estados para esta quarta-feira (30), em protesto contra a crise financeira, o Consórcio Ciapra Baixo Sul se pronunciou para a nossa redação, com a seguinte nota:

O Consórcio Ciapra orienta os prefeitos a aderirem ao movimento municipalista denominado: Sem FPM não dá.

Entretanto, deve-se manter o funcionamento de todos serviços essenciais: educação, saúde, limpeza pública e etc. Fecharmos apenas os setores administrativos das prefeituras, que podem funcionar internamente”.

Vale ressaltar que o nosso site vem acompanhando a participação de diversos gestores do Baixo Sul em agendas na capital Brasília, tratando sobre a pauta municipalista. Iniciativa articulada pela União dos Municípios da Bahia (UPB) e entidades municipalistas do Nordeste.

O intuito da paralisação é chamar a atenção do Governo Federal, Congresso Nacional e da população para as dificuldades financeiras enfrentadas pelas prefeituras, sobretudo da Bahia onde cerca de 80% dos municípios são de pequeno porte, não possuem receita própria e dependem das transferências constitucionais da União.

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.