Cidade News

Prédio do antigo Fórum será a Secretaria de Promoção Social

Obra de restauração do prédio histórico já dá novos ares à paisagem de Valença.

Como já foi noticiado, o prédio do antigo Fórum de Valença, localizado na esquina entre as praças da Triana e 2 de julho e Rua 1° de março, passa por uma completa restauração.

Com o avanço da licitação do prédio da Câmara de Vereadores, o prefeito Jairo devolverá a Valença dois prédios públicos que ficaram fechados por muito tempo.

A obra está sendo realizada pela Prefeitura de Valença, que está fazendo toda a recuperação hidráulica, elétrica, pintura, etc.

O imóvel foi cedido por meio de convênio entre o Tribunal de Justiça da Bahia e o município de Valença, assinado em 2021.

O patrimônio tombado, depois de revitalizado, será a nova sede da Secretaria Municipal de Promoção Social e do CAD Único.

A Secretária da pasta, Joana Guimarães, acompanha a execução dos serviços em andamento e já planejou, junto ao Departamento de Tecnologia da Informação – DTI – toda a adaptação das redes de internet, telefonia e preparação da disposição dos atendimentos ao público, funcionamento das salas e instalações dos equipamentos.

 

A reativação do Sobrado Conselheiro Zacarias é uma demanda antiga da população, agora sendo materializada, e já mudou o cenário da cidade com o sua beleza arquitetônica.

A providência é um avanço que gera economia aos cofres públicos com aluguéis e, além disso, por ser localizado no centro da cidade, com estacionamento e próximo ao comércio, facilitará o acesso aos beneficiários dos programas sociais e aos funcionários da pasta.

História do prédio

Segundo a professora Rosângela Góes, pesquisadora da história de Valença, Zacarias Vasconcelos e Góis, valenciano ilustre nascido em 1815, que se tornou conselheiro do império e primeiro presidente provincial do Paraná, morou neste imóvel. A casa de dois pavimentos foi construída em 1807 e obedecia o padrão de comércio no térreo, sendo que o Conselheiro Zacarias morava em cima numa edificação com escada no hall central, uma espécie de saguão, conforme eram as residências dos nobres da época. Ela foi desapropriada em 1947 e doada ao Estado para funcionar o Fórum Zacarias de Góis e Vasconcelos, sendo esta denominação alterada para Fórum Rui Barbosa, e, posteriormente para Gonçalo Porto de Sousa.

No lugar também funcionou o Juizado Cível ou “de pequenas causas”, após a inauguração do prédio do novo Fórum, que funciona no bairro do Novo Horizonte.

O Patrimônio é tombado pela Lei Municipal N° 1.888 de 22 de maio de 2007.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.